WhatsApp Image 2022-09-08 at 17.55.58.jpeg
Soraya.30 (3).jpg

A JORNADA DA HEROÍNA E A PSIQUÊ SELVAGEM

Serão 04 Encontros On-line e Gratuitos

Dias 14, 21 e 28/09 e 05/10

Se você está passando por uma fase confusa, de mudança, de transformação.

Se você entrou no caminho de autoconhecimento, mas se sente solitária, esse é o momento de você descobrir que não está sozinha.

Toque no botão abaixo para entrar no CANAL DO TELEGRAM DA UNIVERSIDADE SAGRADO FEMININO 

e receber os links dos encontros e o material complementar em PDF

WhatsApp Image 2022-09-08 at 18.02.18.jpeg

A Jornada da Heroína começa com a separação do feminino e termina com a integração do masculino e feminino”

É assim que a autora Maureen Murdock sintetiza a Jornada da Heroína.

Você já conhece esse livro?🔥

Se você tem acompanhando nas redes sociais, já percebeu que eu venho falando bastante sobre essa necessidade de descontruirmos a maneira como enxergamos o nosso “vencer na vida”. (Se ainda não me segue, toca aqui e venha conhecer meu perfil no instagram)

As histórias vêm sendo transmitidas de geração em geração e moldando nossa forma de ver o mundo.
Desde cedo ouvimos histórias sobre grandes heróis que têm trajetórias muito semelhantes, já percebeu?

Mas nós mulheres temos conflitos diferentes e dentro da sociedade vivemos papéis específicos (muitas vezes acumulando diversos papéis,né?), por isso não faz o menor sentido seguirmos a mesma jornada dos homens. Concorda?

Quando tentamos seguir esse modelo, terminamos sobrecarregadas, exaustas desconectadas da nossa essência.

A Jornada a Heroína, traz essa visão - que vem se fortalece com os novos ecossistemas femininos que têm se formado - descontruindo a ideia de que para “vencer na vida” é preciso rejeitar o universo feminino, a intuição, a expressão, a criatividade selvagem.

Inclusive precisamos ver a Jornada da Heroína como um olhar para dentro, já que diferente do herói, a heroína vive um conflito interno entre o que esperam que ela faça e quem ela realmente é.

Com isso, alma corajosa, mesmo que hoje você esteja mais identificada com o masculino e se sinta de alguma forma distante do feminino, saiba que essa é uma das fases da jornada, que se encerra (e recomeça muitas vezes, tá?) com o encontro com o equilíbrio, com o reconhecimento da Mulher Selvagem que sempre esteve aí.

Você consegue identificar qual a fase da sua jornada?

Se sim, ou se não consegue, esses encontros são para você!

Toque no botão abaixo para entrar no CANAL DO TELEGRAM DA UNIVERSIDADE SAGRADO FEMININO 

e receber os links dos encontros e o material complementar em PDF

Soraya.32 - Copia.jpg

Sobre a Jornada da Heroína

A autora do livro A JORNADA DA HEROÍNA - A busca da mulher para se reconectar com o feminino, Maureen Murdock (Mourei Mordok) , foi uma estudiosa de Campbell (autor de A Jornada do Herói)

 

Em um certo momento de sua vida, observando padrões que se repetiam nos seus atendimentos em terapia, Maureen percebeu a necessidade de trazer uma jornada que se relacionasse com as mulheres, uma sobreposição, um modelo que  descrevendo a natureza cíclica da experiência feminina.

 

Ela não teve a resposta que desejava, manteve sua pesquisa até que num determinado momento da vida dela ela estava fazendo uma sessão de constelação familiar, e nessa sessão de constelação familiar ela tem um grande colapso, perdendo todo estrutura da coluna de se  sustentar, e aí ela conta no livro que em meio a Lágrimas e muita dor, ela visualiza a uma espiral com todas as etapas da jornada da heroína que são dez e em 1990 ela publicou seu livro, a Jornada da Heroína.

 

Aqui estão as 10 fases da Jornada da Heroína:

1 - Separação do Feminino

2 - Identificação com o masculino

3 - Estrada de provações

4 - Experimentando o sucesso

5 - Despertar para a aridez espiritual/ morte

6 - Iniciação à descida da Deusa

7 - Desejo de reconectar se ao feminino

8 - Cura da separação entre mãe e filha

9 - Cura do masculino ferido

10 -  Integração do masculino e feminino

Nos nossos 04 encontros vamos percorrer todas elas.

Será uma viagem feminina por um pedacinho incrível do conteúdo da Formação de Guardiãs de Círculos Femininos, com pitadas apimentadas de novidade – como sempre!

Clique aqui para conhecer a Formação de Guardiãs de Círculos de Mulheres.

Sou graduada em artes, psicologia, pedagogia tradicional e antroposófica. Pós-graduada em psicopedagogia, psicologia analítica e arteterapia. Estudo e me aprofundo em diversas técnicas holísticas e sabedorias ancestrais e abordagens que fazem parte de minha formação integral.

 

Sou aquela que sempre foi muito exigente e perfeccionista, fruto de tantas e inseguranças e medos, mas que decidiu ouvir essa voz interna que me diz:

 

Você é capaz!

Você é suficiente!

Você é próspera!

 

Já são 20 anos estudando, me aperfeiçoando, fazendo cursos - mas principalmente me autoconhecendo. Assim, percebi que, enquanto eu apoiava as mulheres em seus processos, eu também estava me curando.

 

E, hoje, o que faço é mostrar que todas nós temos uma intuição, aquela vozinha que muitas vezes ignoramos...

Sou MULHER.

Mãe. Esposa. Medicine Woman. Psicoterapeuta. Educadora. Autora. Pesquisadora. Moon Mother. Womb Keeper. Mentora. Multipotencial . Empresária. E, claro: SELVAGEM!

_MG_4503.png
logotipo .png